Sobre a cobrança nossa de cada dia…

Ontem foi Dia das Mães, por uma obrigação social e por carinho com as mulheres que a gente gosta, temos o costume de felicitar todas as mães que encontramos pelo caminho. As mães, pelo menos todas as que conheço, têm orgulho do título que carregam e da sua obra que trouxeram ao mundo, elas merecem homenagens. E eu, casada há ano e meio, ouvi diversas coisas como “Quando que eu vou te dar Feliz Dia das Mães?”, “Logo é seu dia também, né?”, “Um dia será você”, “Já tá na hora de ser seu dia também”.

Acontece que quem decide se está na hora de ser mãe ou não sou eu, por incrível que pareça! Embora a sociedade supermoderna de 2016 acredite que a única função de uma mulher é casar e procriar, não é bem por aí que banda toca. Não é porque eu optei por casar no cartório e na igreja e só depois morar junto (nessa época continuei usando meu anel de compromisso de namoro), que isso signifique que o próximo e apressado passo seja ter filhos (no plural, porque a convenção social também não admite que você tenha apenas um, imagina como será mimado). O tom desse comentário pode ser de brincadeira, a pessoa só quer ser simpática, divertida, quer quebrar o gelo. Só que acaba sendo inconveniente.

Como o assunto aqui é casa e casamento, vou me ater a casais casados/que moram juntos, embora não são apenas as mulheres casadas sofram essa pressão de amigos e familiares. Mas deixa eu te contar que existem diversos motivos pelos quais as pessoas não têm filhos:

  • O casal pode estar tentando engravidar e ainda não conseguiu. E aí vem a família, amigos, gato, cachorro e papagaio dizendo que estão esperando demais, que daqui a pouco a mulher fica velha e não consegue mais e blá blá blá. Imagina se fosse com você, se tivesse dificuldade de fertilidade, sofrendo conflitos e problemas e ainda ter que ouvir esse tipo de coisa de gente que não tem nada a ver com isso.
  • O casal sequer pensou nisso. Pois então, não é só porque decidiram juntar os trapinhos que eles já pensaram nesse fato, embora seja bacana o casal conversar sobre todos os assuntos, não é da sua conta se eles nunca tocaram nesse.
  • Pode ser que desejem ter filhos, mas ainda não decidiram o momento e nem fizeram planos para isso. Eles querem ser pais, só que no futuro, ainda estão cuidando de outros assuntos, que de novo, não tem nada a ver com você. É aqui que eu me encontro.
  • Eles não querem ter filhos. COMO ASSIM? Pois é, nem todos mundo nasceu para ser pai ou ser mãe, apenas aceite e não se intrometa. A vida é feita de escolhas e algumas pessoas escolheram que não terão filhos, pode parecer estranho para você, ser supermoderno, mas é um direito dela, viu?

Então, antes de cobrar um filho a alguém, de brincadeira ou não, pense que possivelmente a pessoa se enquadra numa dessas situações e tenha empatia. Respeite essas mulheres e casais com suas escolhas, não trate as pessoas ao redor com padrões impostos por alguém em algum dia.
Liberte suas filhas, noras, cunhadas, irmãs, amigas e conhecidas dessas cobranças inúteis e incomodativas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *